Casa e limpezas,  Recursos

Hábitos sustentáveis fáceis – 5 mudanças para 2021

5 hábitos sustentáveis fáceisá

Este ano louco está mesmo no final. Acho que estamos todos a planear 2021 com esperança, mas muita cautela ahah. Depois dos últimos meses, já sabemos que a vida é mesmo imprevisível. De qualquer forma, uma coisa sabemos, a crise climática é real. E temos de alterar o “nosso” estilo de vida. Por isso, pensando nas resoluções de ano novo, reuni uma lista de 10 hábitos sustentáveis fáceis e acessíveis a todos, para começar a adoptar no próximo ano (ou já!!). Espero que alguns dos hábitos já estejam presentes na vossa casa, mas se não estão, está na altura de começar!

No final do ano passado, também escrevi um artigo semelhante, sobre formas simples de evitar plástico descartável. Como teve muito sucesso (é um dos artigos mais lidos do blog!) resolvi trazer algo semelhante este ano :).

A lista que se segue, é para TODOS! São hábitos sustentáveis que, praticamente, QUALQUER PESSOA pode adoptar. Não é preciso investir dinheiro (pelo contrário), nem ter estar super informado em questões relacionadas com a sustentabilidade. São mesmo hábitos muito simples, mas com grande impacto, se multiplicarmos pela vezes que fazemos.

Hábitos sustentáveis fáceis para 2021

1.Revoluciona o teu duche

Já todos sabemos que, a cada banho, consumimos uma quantidade elevada de água (180 litros, num banho de 15 min com a torneira aberta, Portal da Água). Mas, o que podes fazer em relação a isso? Para começar, o mais obvio. Fechar o chuveiro enquanto estamos a pôr sabão/ champô e reduzir a duração do duche (a água gasta passa para 60L, Portal da água). Aproveitar a água que sai até ficar quente (para qualquer coisa, é água potável!). Aproveitar a água durante o banho para descargas do autoclismo ou lavar o chão. Cá em casa, temos um balde (normal, de esfrega lol) debaixo do chuveiro, encostado a parede, onde vai caindo a água, enquanto tomamos banho.

2. Não desperdices comida em casa

Se tivesses crescido com a minha mãe, nunca tinhas tido ordem de fazê-lo ahah. A sério, felizmente, sempre fui muito bem educada em relação a isto. Por isso, nunca foi uma mudança, propriamente dita.

Felizmente, este já é um tema falado, mas, ainda assim, MUITO IMPORTANTE. O desperdicio alimentar é muito elevado (1 milhão de toneladas, em Portugal). E, grande parte dele, ocorre em nosa casa

Mas, sei que não é assim tão fácil controlar tudo para que não haja desperdício, especialmente, para quem não está habituado.

As melhor dica que posso dar: não tenhas alimentos, principalmente frescos, em excesso. Assim consegues controlar melhor o que é preciso gastar primeiro.

Outras dicas importantes são: aprende a conservar os alimentos (uma pequena pesquisa na internet ajuda!), usa o congelador para evitar que alimentos se estraguem (incluindo, cozinhados).

Se quiseres ideias para salvar restos, dá uma olhada neste artigo.

Por ultimo, talvez a parte em que eu tive de aprender mais, usa todas as partes dos alimentos que forem comestíveis. As sementes das abóboras, as cascas da batata, os caules das couves, etc.

3. Os teus pés são sustentáveis!

Exagerei no titulo, não foi? ahahah. Mas é verdade, embora todos saibamos que andar mais a pé (em detrimento do carro) é mais sustentável, muitos de nós, acabam por vacilar.

Andar de bicicleta também é uma boa opção, optar por transportes públicos, andar com o carro cheio (sobre isso, vê este artigo).

Quando tiveres que andar de carro, reduz a velocidade. Pode parecer óbvio, mas tendemos a enquecemo-nos que andar a acelerar, significa mais consumo de combustível e emissões.

4. Em primeiro segunda mão

Como não podia deixar de ser, esta dica muito valiosa para o planeta e para a carteira. Falo muito disto, eu sei, mas sinto que, muitas pessoas, ainda não se lembram de procurar em segunda mão, antes de comprar novo.

Tenho várias dicas aqui no blog sobre compras em segunda mão (podes ver aqui e aqui). E, se me acompanhas pelo instagram, também poderás ver por lá. No inicio do próximo ano, ainda não sei a data certa, quando souber digo, irei disponibilizar um produto digital com TODAS as dicas sobre como comprar roupa em segunda mão. Fica atento :).

Se queres encontrar roupa em segunda mão com mais facilidade, criei este ebook que te pode ajudar.

 

5. Reduzir o consumo de animais

Mais uma, que todos sabemos, mas que nem todos mudam. Malta, esta foi a coisa mais dificil de tudo o que já mudei. E, depois de anos a reduzir, ainda nem vegetariana sou. Como, quem segue as minhas partilhas, sabe, eu sou uma foodie, a fugir para texuguinha lol. Para mim, esta foi e será sempre, a minha mudança mais difícil. O que quero dizer com isto?COMEÇA! Quando comecei a reduzir o consumo de carne e peixe, nunca pensei que iria viver tão bem sem consumir esses alimentos, com regularidade. Aliás, na minha alimentação diária não consumo, praticamente, nenhum alimento de origem animal. Fui reduzindo aos poucos e adaptando.

Há pessoas que mudam de um dia para o outro. Eu admiro-as muito. No entanto, acredito que o importante é começar! Aos poucos as coisas vão acontecendo… Há medida que vais aprendendo mais sobre comida vegetal tudo se torna natural..

Estes, são hábitos sustentáveis fáceis, mas que têm grande impacto.

Lembrem-se sempre que, pequenos gestos, multiplicados pelo número de pessoas que existem no mundo, têm um grande impacto. No momento que escrevo este artigo, somos 7,834 bilhões de pessoas (Worldmeters) a consumir recursos do planeta. Tenham sempre isso em mente, maior ou menor, todos temos impacto e somos muitos.

Este artigo sobre mudanças sustentáveis fáceis, é óptimo para quem está a começar a mudar o estilo de vida. Mas também para relembrar quem já mudou muito, mas por vezes esquece-se de coisas simples (eu sou essa pessoa, às vezes).

Espero que tenham gostado, vemo-nos aqui, na próxima semana :).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *