fbpx
costa brava
Viagens

Roteiro de autocaravana pela Costa Brava e regresso a Portugal

Depois de passarmos pelos Pirenéus, continuámos o nosso roteiro de autocaravana pela Costa Brava.

Íamos, alegremente, em direção a Cadaqués. Até que, começo a pesquisar na net e a ler comentários no Park4night e apercebemo-nos que é um sitio NADA autocaravana friendly lol. Mudámos de planos. Um dia visitaremos Cadaqués de carro “normal” lol.

Roteiro de autocaravana pela Costa Brava

Cala Aiguafreda – Sa tuna – Begur

Visto que decidimos não ir a Cadaqués, começámos a averiguar, qual seria o sitio, mais perto de França, que tínhamos marcado e que desse para pernoitar, sem stress. E, foi assim, que descobrimos um estacionamento normal, mas muito perto do acesso à praia, em Sa tuna.

Nesse dia, fiquei logo apaixonada pela Costa Brava. E, muito feliz, por estar ali a meio de Setembro, com calor e com poucos turistas.

Chegámos ao final da tarde e, durante essa noite, ficámos sem gás lol. Real life numa van pequena. O frigorífico funciona a gás, por isso nunca temos muita margem. Normalmente, temos de comprar uma bilha nova, no dia que acaba a velha.

Nessa manhã, fizemos um pouco do Cami de Ronda (já explico o que é, mais à frente) e seguimos viagem para comprar gás (não havia perto).

Em Palafrugell, aproveitámos para passar no supermercado bio Veritas, que só conhecia online. É fixe! Semelhante à Miosótis, em Portugal (não tão completo, a nível de frescos). Não visitámos mais nada no centro da localidade, é urbano, não me pareceu existirem grandes atrações (para o meu gosto).

costa brava
Cami de Ronda na zona de Sa Tuna

Cala Aigua Xelida e arredores

Descobrimos um sitio para deixar a van, no meio de umas vivendas e fomos explorar o Cami de Ronda que tinha uma entrada, mesmo ao pé desse local. Mais praias (de pedra, portanto Calas lol) maravilhosas. É engraçado como a excessiva construção nesta zona, marcadamente elitista, não é totalmente chocante (tema interessante para refletir, noutra altura lol). Há imensas casas nas arribas, junto à praia, etc… Mas não são aqueles prédios feios de outras zonas de Espanha. Muitas casas são antigas, típicas, com uma área verde grande…

Ficámos por lá 2 dias, a explorar as praias, os pequenos portos com casas típicas e, também, muitos palacetes lol. Contudo, é uma zona muito linda, pitoresca, cheio de cantinhos incríveis. E, claro, ótima para banhos! Voltarei sem dúvida.

Praia de Tamariu

Acho que foi esta praia que me fez começar a googlar, sobre a Costa brava. Vi uma publicação qualquer, no instagram, com esta praia (que nem é das mais fixes) e comecei a explorar. A praia em si não é nada do outro mundo (comparada às vizinhas) mas tem uma prancha para saltar, muito divertida! Para quem gosta de saltar, vale a pena.

Calella de Palafrugell

Fomos a esta zona porque ficava perto de uma praia que nos pareceu fixe. Não íamos com grandes expectativas, mas acabou por ser uma vila muito gira. Já com um tamanho significativo, mas com um centro antigo muito pitoresco mesmo (bem, é na costa brava, não sei porque esperávamos outra coisa).

Calella de Palafrugell

Playa el Golfet

Acabámos por ir a esta praia, porque achávamos que tinha passagem para a tal praia que tínhamos visto, no google. Só que não. A passagem estava cortada. E, talvez tenha sido melhor assim, a Playa el Golfet foi uma das nossas preferidas de toda a viagem (a imagem principal deste artigo é lá!). Para quem gosta de explorar, saltar, nadar, fazer snorkelling, é brutal! Para quem gosta de ficar só na toalha a apanhar sol, não vale a pena lol, porque não há muito espaço.

Roteiro de autocaravana pela Costa Brava:

O que são os Cami de Ronda?

Os Cami de ronda (ou caminho de ronda) são antigos caminhos que, originalmente, foram criados para ligar povoações e, mais tarde, usados pela policia para fazer a ronda. Atualmente, são usados com fim turístico e ligam grande parte das localidades da Costa Brava. É uma das coisas que torna esta zona tão fixe, dá para fazer pedaços de caminho e visitar 3,4 praias.

Fim do Roteiro de autocaravana pela Costa Brava. Últimos dias em Espanha e paragens por Portugal:

Lento regresso a Portugal

Tínhamos combinado encontrarmo-nos com a minha família, em Cabo de Gata e, ainda queríamos passar por casa de uns amigos, que tínhamos conhecido, há uns meses, durante a viagem. Ficou mesmo muito para ver da Costa Brava, mas voltaremos numa próxima viagem, visto que fica pertinho da fronteira com França (boa paragem para quem vai viajar pela Europa).

Em direção a Murcia

Como disse no paragrafo anterior, queríamos ir visitar amigos a Múrcia. Mas, pelo caminho, ainda visitámos uns sítios muito fixes.

Fontes de Ayodar

Fomos até Ayodar, pois tínhamos visto foto das piscinas naturais que nos pareceram interessantes. E, realmente são mesmo incríveis! Como é costume, em alguns sítios em Espanha, paga-se o acesso, durante os meses de Verão (até Outubro). Se não me engano 1,5€ por pessoa (não tenho a certeza).

Montanejos e fuente de los baños

O caminho, entre Ayodar e Montanejos, é delicioso. Quando começámos a fazê-lo, orientados pelo Google maps, profissional em caminhos apertados ou até inexistentes, duvidei do trajeto. Contudo, tenho de admitir que não só o google estava certo, como também nos mandou para uma das estradas mais bonitas da viagem. Uma estrada estreita, com curvas, alguns bocados em terra batida, maioritariamente, com largura apenas para um carro (apesar de ter 2 sentidos), mas linda! Pela Serra, com paisagens que pareciam vindas do Jurassic Park (mais uma alusão a filmes, hoje estou assim lol).

Mas então, o que íamos visitar a Montanejos? Uma suposta fonte de água quente. Que, na verdade, é um troço generoso de água morna, aquecido pelas fontes de água quente circundantes e também pelo próprio solo (que também está quente).

Fuente de los baños

Múrcia

Como íamos para perto de Múrcia, decidimos visitar a cidade. Não é uma cidade imperdível, mas achei agradável. A zona antiga é gira e, a parte que gostei mais, há uma loja a granel LINDA (deixo a morada, nas informações úteis).

Loja a granel em Múrcia

Regresso a Cabo de Gata

Depois de uns dias incríveis em casa dos nossos amigos, com a sua família que fez com que nos sentíssemos em casa (Gracias amigos!). Fomos andando para Cabo de Gata, onde nos encontraríamos com a minha família. Pelo caminho visitámos Mojacar, onde fomos buscar água à sua linda fonte e seguimos em direção a Carboneras. Antes de chegar a Mojacar passámos por uma área que me pareceu ter praias muitoooo fixes, mas, como não tínhamos água, não deu para pararmos. Fica a dica para quem passar por lá!

Playa de los muertos

Não tínhamos descido até à areia, quando passamos por aqui, em Junho. Que parvoíce! A praia é BRUTAL! É dos melhores sitios de toda a viagem, para snorkeling. E, dica extra, em Outubro o parque já não se paga (só ao fim de semana).

Visitámos mais alguns sitios no parque natural de Cabo de Gata. A maior parte deles, repetidos (desta vez, consegui saltar para a poça da Cala Enmedio). San José e a zona da Playa de Monsul (não me encantou tanto como esperava lol mas é bonito).

Nerja

De regresso a casa, parámos uns dias em Maro. Para umas banhocas e para experimentar o nosso caiaque insuflável (sim! compramos um caiaque insuflável!lol). Aproveitámos para visitar o centro de Nerja, que não tínhamos conhecido da outra vez.

O centro de Nerja é muito bonito mesmo, ainda bem que voltámos para visitá-lo. As casas são praticamente todas branquinhas, com influencia árabe e muitas flores na rua. Tem um balcão ou miradouro, a que chamam o Balcão da Europa que tem uma vista magnífica. Aí, faz uma praçinha muito bonita, onde almoçámos (com a nossa marmita, low budget e zero waste!).

roteiro de autocaravana pela costa brava
Ruas de Nerja

Guia, Carvoeiro, Lagos, Aljezur e (quase) casa

Já em Portugal, tomámos umas belas banhocas no Carvoeiro e praias vizinhas. Andámos de caiaque em Lagos. Passámos uns dias em Aljezur, com umas amigas holandesas que conhecemos em Zarautz. Passámos uma noite no meu amado Porto Novo. E, finalmente, parámos na Arrábida para nos despedirmos da Viagem.

E assim, com o nosso roteiro de autocaravana pela Costa Brava (e mais uns sitios fixes), termina o último relato destes meses viagem. Ainda vou publicar mais coisas relacionadas com a viagem, mas noutros formatos e sobre outros temas (dicas anti desperdício, reflexões, etc). Espero que tenhas gostado tanto de me acompanhar, como eu gostei de partilhar esta experiência.

Estou aqui confortavelmente sentada, em casa, a terminar este artigo e a pensar que espero ter outra aventura para contar mais cedo do que imagino eheh :). Já tenho saudades de escrever artigos sentada no meu barquinho desconfortável da van :).

Informações úteis

Se não leste o relato dos outros meses de viagem, deixo os links para que possas lê-los:

Também podes ver nos destaques do instagram algumas fotos de todos os meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *