Viagens

Roteiro de autocaravana pelo Norte de Espanha (Galiza)

Depois de um mês ausente, estou de volta para te contar como foi o último mês, a viajar na nossa pequena van. Desta vez, trago o nosso roteiro de autocaravana pelo norte de Espanha.

Se já leste os relatos dos meses anteriores ( Abril, Maio, Junho ) sabes que este artigo é um relato da nossa viagem, ao nosso estilo. Cheio de praias, poças e trilhos e com muito poucas cidades. Certamente, ficarão locais por explorar. Estas foram apenas as nossas escolhas.

Julho foi um mês de alguns infelizes imprevistos, por isso optei por não publicar o relato. O panda teve que fazer uma mini cirurgia em Espanha o que nos fez estar duas semanas parados. Depois, voltámos a Portugal 1 semana. Por isso, acabámos por viajar apenas a última semana do mês.

De volta à estrada e paragem em Viana do Castelo

Visto que voltámos a Portugal, decidimos continuar a viagem pelo Norte de Espanha. Quando saímos de Espanha estávamos perto de Tarragona, mas não fazia sentido regressar ao mesmo ponto. Primeiro, porque ía ser um inferno de calor. Segundo, porque íamos chegar mais tarde ao Norte de Espanha e iríamos ter menos chances de apanhar bom tempo (mais à frente, vais ver estávamos iludidos lol). Optamos por fazer a costa Norte e regressaremos a Portugal, no final da viagem, pelo Sul (para conhecer a zona costeira perto de Barcelona e repetir alguns locais que adorámos).

Explicação dada sobre a mudança de planos, vamos ao que interessa.

Como íamos passar pelo Norte, parámos em Viana para visitar um amigo e aproveitar para dar uns mergulhos nas cascatas e poças da Serra D’arga.

Para quem não conhece, a Serra D’arga é uma espécie de mini Gerês. Diferente, mas igualmente soberbo. Tem várias cascatas com bom acesso e, relativamente, desconhecidas. Fizemos um trilho que desce o rio até à Cascata do Pincho, na última semana de Julho e cruzado-nos com poucas pessoas (o tempo também não estava convidativo lol).

Roteiro de Autocaravana pelo Norte de Espanha

Depois de 2 dias em Viana, seguimos para Espanha. Uns amigos alemães que fizemos numa ASA, perto de Cádiz, vieram ter connosco, para passarmos uns dias juntos. É bom ter companhia. Já estamos a viajar há algum tempo só os dois e, embora seja muito bom porque temos muita independência, às vezes é um pouco solitário (especialmente, com a pandemia). Então, acabamos por desfrutar muito do convívio quando temos companhia.

Galiza, o Inicio

Começámos por dar uns mergulhos nas Pozas de Lourenza, bem pertinho da fronteira com Portugal. Descobrimos o sitio meio por acaso, mas acabou por ser um dos sítios mais fixes que visitámos na Galiza. O acesso é tranquilo e basta ir com o carro até ao ponto que o Google manda, estacionar e seguir a sinalização (numas tabuletas em madeira).

roteiro de autocaravana pelo norte de espanha - pozas de lourenza
Pozas de Lourenza

Nesse dia, fomos dormir à zona recreativa, no inicio do caminho dos moinhos de Folón e do Picón. No dia seguinte, fizemos o trilho para ver os 67 moinhos, dispostos em cascata. É uma caminhada relativamente curta, mas com muito desnível. É muito giro! Mas, pessoalmente, acho mais interessante para fazer na Primavera/ Outono.

galiza- trilho moinhos de picon e folon
Trilho dos moinhos

Ainda nessa zona, visitamos o centro de Rosal, onde fui surpreendida por uma loja de artigos em segunda mão e uma loja a granel. A loja a granel, pelo que a senhora que lá estava a trabalhar, nos contou, era recente. Apesar de não ser grande, foi das lojas (a granel) com mais variedade que visitei. Fico sempre contente quando encontro estas opções fora dos grandes centros urbanos, porque com a van é pouco frequente visitarmos cidades.

roteiro de autocaravana pelo norte de espanha - loja a granel
Loja a granel

Seguindo pela Costa

Seguimos até à zona de Vigo, junto a costa. Como o tempo não estava muito agradável para mergulhos, fomos continuando até à primeira peninsula depois de Vigo. Queriamos visitar a zona da Praia da Barra, com vista para as ilhas Cíes. No entanto, quase no inicio de Agosto, encontrar lugar para duas vans (uma delas, com um tamanho generoso), numa zona pouco dotada de estacionamento, foi uma missão impossível. Como nesta zona, não estava muito fácil encontrar um bom spot para pararmos, fomos seguindo até à Praia da Area Maior. Acabámos por não explorar uma boa parte da Galiza, mas a vida é assim, feita de escolhas lol. As descobertas que se seguiram não nos deixaram ficar arrependidos dessa decisão. eheh.

Roteiro de autocaravana pelo Norte de Espanha

Galiza e a saga das praias paradisíacas

A Praia da Area Maior é uma praia enorme, com uma areia super branca, mar calmo (de Verão, suponho). Parecia saída de um filme, como a maioria das praias que se seguiram. Tem um parque de merendas na praia ao lado (onde passámos uns dias) e o padeiro passa todas as manhãs (uma das grandes maravilhas do norte de espanha ahah).

Depois desses dias, fomos até Finisterra, sempre junto à costa. Passámos por várias praias lindas, mas o tempo nunca nos deu chances de dar uns mergulhos. Pelo caminho, falhámos um ponto que gostaríamos de ter visitado, mas achámos a subida custosa para a nossa velha van. Talvez fosse só impressão lol. A Fervença de Ézaro, uma grande cascata que cai perto da praia. Ficará para uma próxima visita.

Finisterra

O panda já tinha visitado Finisterra e queria voltar lá para mostrar-me. Ainda bem. Se não, provavelmente tinha subvalorizado aquele local e não sei se o incluiria na nossa viagem. Como sou obcecada com mergulhos ou chapuzones como diriam aqui, quando os locais não têm zonas de banhos especialmente apetecíveis, tendo a desvalorizá-las. lol.

roteiro de autocaravana pelo norte de espanha
Vista do estacionamento para o farol

A vista da zona do farol de Finisterra é soberba. É mesmo lindo. Vale muito a pena passar lá uma noite. Ver o incrível por do sol e absorver um pouco da vibração daquele local.

Farol Roncudo

Depois de Finisterra, continuámos junto à costa. Com pena minha, foram dias de Agosto parecidos com o Inverno em Sintra lol. O que nos fez, simplesmente, ir seguindo.

Aqui, no Norte, o tempo, como é obvio, não é tão solarengo como no Sul. Mas, para além do mau tempo habitual, segundo os Espanhóis, nós ainda conseguimos escolher um mau Agosto lol. Contam-se pelos dedos das mãos, os dias de sol que tivemos.

Desabafo feito, vamos lá continuar a falar do que interessa.

piscina natural farol roncudo
Piscina natural de Corme

Tinha visto, numa publicação da Traveler Espanha, se não me engano, uma piscina de difícil acesso que, na maré vazia, era possível encontrar ao lado do Farol em Corme. Vi as fotos e fiquei logo babada, mas como nem havia publicações no instagram fomos até lá com alguma desconfiança.

Chegámos estava a chover, o que me deixou feliz. Feliz? por estar a chover? Sim. Porque sempre que chegamos a um sitio e está um dia péssimo, a chover, estamos com a birra, etc… o dia seguinte é maravilhoso lol. Tem sido sempre assim. Os sitios que mais gostámos, presentearam-nos com chuva assim que chegámos.

Espreitei a piscina, achei fixe, o acesso não parecia péssimo, mas com o céu nublado não tinha grande magia. No dia seguinte, com sol, apaixonei-me. Que piscina natural linda. Certamente, só será apetitosa para mergulhos, no Verão e com maré vazia (meia maré com mar calmo). Mas, senti-me nas canárias. Embora nunca lá tenha estado, mas pelas fotos que me fazem querer ir lá lol.

O acesso não é incrível, mas também não é péssimo.

Fragas do Eume

Depois dessa meia tarde de sol, calhou-nos mais mau tempo, claro lol. Como queríamos estar em Ferrol dali a uns dias, para encontrar um amigo, aproveitámos a falta de sol para passar nas Fragas do Eume.

Mais uma vez, fomos recebidos com chuva. Mas chuva a sério. Foi, sem duvida, a parte mais desafiante da Galiza, o tempo.

galiza - fragas do cume
Mosteiro nas Fragas do Eume

No dia seguinte, lá fomos nós fazer um trilho (o mais conhecido) nas fragas do Eume. BRUTAL! Aconselho-te a passares aqui, para saberes mais sobre o parque natural/acesso. É um sitio mesmo incrível.

Depois, passámos um dia em Ferrol. Demos um passeio pelo centro, muito giro! Fomos ao mercado. Apanhámos um togotogo. E seguimos o nosso caminho em busca de novos mergulhos.

Praia de Santa Comba e Pantin

Visitámos a Praia de Santa Comba que tem uma Ermida apenas acessível quando a maré está vazia. Mas, estava maré cheia e, para variar, tempo nublado/frescote lol. Decidimos ir até à Praia de Pantin para o panda tentar surfar.

roteiro de autocaravana pelo norte de espanha
“cantinho” na Praia de Pantin

Passámos 2 dias em Pantin, num estacionamento cheio de autocaravanas, perto da praia. A praia é boa para surf, então tem uma vibe muito surfista. Apesar disso, do lado direito, faz uma baia ótima para dar uns mergulhos e nadar! O melhor para agradar gregos e troianos, isto é, eu e o panda lol.

Praia de Xiloi

Praia de Xiloi

A conselho de um amigo, fomos até esta praia. Quando chegámos, até nos custou a acreditar que estávamos em Espanha. Parecia a Tailândia! À exceção da temperatura da água, claro. Mas a paisagem é semelhante. Árvores quase dentro de água. Mar transparente. Areia branca. Mais uma digna de filme.

Viveiro e Praia do Esteiro (Xove)

Fomos em direcção a Xove, pois havia uma praia com área de serviço grátis (sim! na praia!!!) e precisávamos de despejar as águas sujas. Pelo caminho, passámos, por acaso, em Viveiro. Um feliz acaso.

Viveiro é uma vila (acho eu, que é vila lol) com um tamanho considerável, mas com um centro histórico muito bonito, mesmo. Vale a pena fazer uma paragem.

Chegámos à Praia do Esteiro e, apesar da inclinação do estacionamento, ficámos deslumbrados com a área. Simples. Numa zona do estacionamento da praia. Agradável e eficiente. Se não fossemos as únicas pessoas do mundo do autocaravanismo sem calços (cunhas que se usam para nivelar as carrinhas quando estacionadas, para quem não sabe), tínhamos ficado mais tempo. É pena que não existam mais áreas assim. Sem grandes complicações, práticas e em sítios agradáveis.

Praia das Catedrais e redondezas

Há muitos anos que tinha a praia das catedrais na minha lista, desde que vi o clássico do cinema português, Balas e Bolinhos 2 lol. Mas, nitidamente, elevei as expectativas.

roteiro de autocaravana pelo sul de espanha
Piscina na Praia das Ilhas

A praia em si, é incrível. Pelo menos parece, vista de cima, pois não descemos. Mas, como diriam os espanhóis, está super massificada. Imaginem em Agosto. Mesmo muitaaaas pessoas. É preciso marcar (lotação limitada, não se paga) para visitar a praia e, apesar de ter muitas vagas, nesta altura estavam esgotadas. Apesar disso, o principal motivo que nos fez desistir de descer, foram os avisos a dizer “perigo, está à sua responsabilidade” ou algo do género. Fui pesquisar e já tinha morrido uma jovem por ter caído uma pedra. Decidimos que ainda tínhamos algum tempo de viagem, para arriscar a vida lol. Talvez tivéssemos descido se fosse no final da viagem lol.

Dormimos perto da praia, por isso, no dia seguinte, fomos explorar uma praia nas redondezas. A praia das Ilhas. Acabámos por descobrir umas piscinas incríveis (na maré vazia) onde demos uns belos mergulhos, sempre acompanhados pelo nevoeiro (parecia mesmo Sintra lol).

Roteiro de Autocaravana pelo Norte de Espanha

E assim terminou a nossa passagem pela Galiza, os últimos dois dias passámos numa quinta, numa zona mais interior, perto de Ribadeo. Nessa pequena aldeia, tivemos oportunidade de conhecer um produtor de cerveja artesanal incrível e comprar ovos caseiros e vegetais aos donos da quinta.

Seguimos para as Astúrias, ainda a meio de Agosto, convencidos que já tínhamos visto tantos sitios lindos no Norte, que não nos podiam esperar muitas mais. Estávamos enganados.

Depois deste tempo por cá, posso concordar com todas as pessoas que me disseram que não é preciso roteiro para o norte de Espanha. Porquê? Porque estamos constantemente a esbarrar com praias de sonho, paisagens incríveis, um verde que lembra os açores. Só o tempo é que… é o que é lol.

Informoções úteis – Galiza

  • Pernoitas – Usámos quase sempre o park4night. Mas, no geral, a Galiza foi dos sítios mais “friendly” em relação às autocaravanas que estivemos. Muitas áreas de serviço grátis, com boas condições e localização. Não há muitas proibições. Quem vier, porte-se bem para assim continuar lol.
  • Há muitos parques de merendas com fontes, para encher as garrafas de água reutilizáveis.
  • Mercado de Ribadeo – para comprar alimentos de produção local, nomeadamente a cerveja artesanal que falei :).

Roteiro de autocaravana pelo Norte de Espanha – Asturias

No próximo artigo, continuo o nosso roteiro de autocaravana pelo Norte de Espanha. Contarei como foram os nossos dias pelas Astúrias e Cantábria. Pois, se relato todo o mês de Agosto só num artigo, ficará gigante (só a Galiza já está deste tamanho lol).

Entretanto, se quiseres ver mais videos/imagens da viagem, passa pelo instagram @hippiepanda_ . Vou criando destaques para todos os meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *